Notícias

Sucesso na plantação

Famílias do reassentamento rural Riacho Azul, localizado na margem esquerda do rio Madeira, comemoram o sucesso do plantio de mandioca que já ocupa 120 hectares. Os bons resultados são frutos da dedicação e do trabalho das 38 famílias reassentadas e da Associação do Riacho Azul (Asprazul) que receberam apoio técnico da Emater e da Santo Antônio Energia para o plantio, colheita e processamento da mandioca. A Associação também recebeu da concessionária trator e implementos agrícolas.

 

Os resultados dos trabalhos e das parcerias já estão surgindo. Para este ano, espera-se um aumento de 50% na produtividade média em relação ao ano passado. A presidente da Asprazul, Neuraci Monteiro Nascimento, de 53 anos, é a produtora de farinha mais conhecida do reassentamento. Ela comercializa o produto em mercados e feiras de Porto Velho e relata os bons resultados. “Agora, com essas máquinas, conseguimos trabalhar de forma rápida e mais facilmente. Além disso, economizamos dinheiro, já que, antigamente, tínhamos que alugar o maquinário. O adubo e o calcário que recebemos também são muito bons”, explica a produtora.

 

O reassentamento Riacho Azul recebe famílias que viviam no ramal São Domingos. Lá vivem 38 famílias em casas de 50 a 100 metros quadrados. O local possui Estação de Tratamento de Água (ETA), poços individuais, centro comunitário com escola e campo de futebol.