Notícias

Semeando o Futuro colhe bons frutos

Desde o início de 2011, o projeto Semeando o Futuro tem contribuído com a geração de trabalho e renda e com a capacitação profissional dos moradores do assentamento Joana D’Arc, vizinho à área do reservatório da Usina Hidrelétrica Santo Antônio. O projeto é uma iniciativa da Cooperativa de Produção Agropecuária e Frutícola de Rondônia (Coop’Agrofrutícola) em parceria com a Santo Antônio Energia.

 

As primeiras ações do Semeando o Futuro foram o incentivo da atividade têxtil na Associação dos Moradores da Linha 11 (Aspronúcleo), com a compra de dez máquinas de costura e a capacitação profissional de 64 mulheres e homens, que já se dedicam à confecção de moda íntima e de uniformes.

 

Desde o final do ano passado, outra ação do programa tem rendido bons frutos. A Santo Antônio Energia comprou 50 mil mudas de açaí da Coop’Agrofrutícola e incentivou o plantio, inicialmente em 70 hectares, localizados em remanescentes de área adquirida pela concessionária, dentro do próprio PA Joana D’Arc, para a formação do reservatório e da Área de Proteção Permanente (APP). Até hoje, cerca de 60 hectares foram plantados. O restante da área já teve o solo preparado e encontra-se em fase final de plantio.

 

Toda a produção será aproveitada pela própria cooperativa que conta também com dois poços artesianos de grande profundidade, construídos pela empresa, para a irrigação das mudas de açaí que estão sendo cultivadas no viveiro. Um terceiro poço artesiano foi construído na sede da Associação de Moradores da linha 13 para utilização no combate aos incêndios no período de seca.

 

Para comemorar os bons resultados do projeto, a Coop`Agrofrutícola, localizada na Linha 11 do assentamento Joana D’Arc, realizou um evento no dia 12 de abril para informar a comunidade todos os detalhes do projeto e entregar oficialmente a primeira etapa do plantio do açaí. Uma das participantes do evento foi Ana Fernandes, de 44 anos, moradora da Linha 15, que trabalha preenchendo com terra e adubo as sacolinhas onde são colocadas as mudas de açaí. “Esse engajamento das pessoas no projeto faz aumentar a autoestima e nos dá nova esperança no futuro”, declarou.

 

Santo Antônio Energia entrega material para construção da Agroindústria da Mandioca

 

Outro projeto que contribuirá com o fortalecimento das comunidades do Joana D’Arc é o da Agroindústria da Mandioca. Trata-se de uma iniciativa da Associação dos Assentados Rurais das Famílias do Joana D’Arc III (Assarprojd), em parceria com a Santo Antônio Energia.

 

Na semana passada, a empresa iniciou a entrega dos materiais para a construção de Agroindústria da Mandioca na Agrovila. Foram entregues cimento, cobertura, encanamento e outros materiais que totalizam um investimento aproximado de R$ 200 mil.

 

Segundo o presidente da Assarprojd, Welington Wesley de Azevedo, os próprios moradores colocarão “a mão na massa” a partir da próxima semana para a construção da agroindústria que beneficiará 100 famílias. “Com a Agroindústria, além da farinha de mandioca produziremos polvilho, tucupi e a farinha de tapioca que possibilitarão o aumento da renda para as famílias”, disse o presidente. “Estamos muito felizes porque, com aumento da renda, os agricultores poderão continuar sua vida no campo de forma digna”, acrescentou.