Notícias

Reciclagem transforma pneus velhos em brinquedos e artigos de decoração

Pula-pula feito com pneus usados

Pula-pula feito com pneus usados

Cada pneu de borracha descartado no lixo pode demorar até 600 anos para se decompor na natureza. Se for queimado, produz uma fumaça escura e poluente. Se armazenado de forma errada, torna-se uma ameaça à saúde pública já que facilmente vira um criadouro de mosquitos, principalmente transmissores da dengue. Com todos estes problemas, garantir a destinação correta deste tipo de resíduo tem sido um desafio para os municípios.

Uma das alternativas pode ser a reciclagem que transforma pneus velhos em objetos de decoração, móveis e brinquedos. Foi isso o que moradores de Jacy-Paraná aprenderam a fazer na última semana. Um curso ministrado pela Eco Design, empresa de Porto Velho especializada neste tipo de trabalho, ensinou para 15 alunos todo o processo que envolve a separação por tipo de pneu, manuseio de ferramentas e técnicas de corte. Segundo o professor, Marcos Paulo Feitoza, a própria comunidade recolheu os pneus em Jacy e no final do curso, que durou uma semana, já haviam sido contabilizados cerca de 90 pneus de moto, 60 de carro e dez de caminhão que deram origem a mais de 100 peças recicladas. Foram feitas gangorras, pula-pula, vasos de flor, jardineiras, lixeiras e poltronas. Todas as peças foram cuidadosamente furadas, justamente para evitar o acúmulo de água e a reprodução do mosquito transmissor da dengue.

Essa iniciativa faz parte do Programa de Educação Ambiental da Santo Antônio Energia, destinado à comunidade, tendo em vista a importância do reaproveitamento de resíduos que acabam indo para as ruas e rios e também a possibilidade de promover nova fonte de renda. Em agosto, os moradores de Jacy-Paraná também receberam orientações para confeccionar objetos com garrafas PET.

Um dos alunos do curso de reciclagem de pneus foi o pedreiro e carpinteiro Floriano Gomes, de 51 anos, que não poupou elogios. “Este curso foi só o início. Quero pesquisar na internet e me aprimorar ainda mais para fazer outras peças e depois vendê-las”, declarou.

A ideia é de que os brinquedos feitos pelos alunos durante o curso sejam usados na praça do Parque dos Buritis. No final do mês eles poderão ser vistos em uma exposição na comunidade, ainda sem data marcada.