Notícias

Fibra da bananeira vira objetos artesanais

A Santo Antônio Energia promoveu, em conjunto com a Emater, um curso de artesanato com a fibra da bananeira para os moradores do Reassentamento São Domingos. O curso foi ministrado de 26 a 30 de março pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) com os objetivos de agregar valor a um produto que era descartado e aumentar a geração de renda da comunidade.

 

“A comunidade tem a banana nos quintais. A fruta é usada para o consumo, mas o tronco, de onde tiramos a fibra, era descartado. Agora eles podem usar este material para fazer bonitos objetos que, depois de vendidos, podem garantir renda extra às famílias”, explica a instrutora do Senar, Patrícia Cândida da Silva.

 

Participaram das aulas 15 moradores do reassentamento. Eles aprenderam a fazer caixas para presente, porta-joias e porta-retratos a partir da fibra da bananeira, que antes ia para o lixo. A aluna Edna da Silveira aprovou a iniciativa do curso e já faz planos para aplicar o conhecimento que adquiriu. “Minha ideia é fazer uma lojinha em uma parte da minha casa para poder vender os produtos para os turistas”, salientou.