Notícias

Empresa realiza ações no Dia de Combate à Malária

Os moradores do distrito de Jacy-Paraná começam a receberam a partir de 25 de abril os Mosquiteiros Impregnados de Longa Duração (Mild) que irão potencializar a proteção contra malária na região. As ações iniciaram no bairro Primavera e se estenderão até o próximo semestre deste ano. O investimento faz parte do Programa de Saúde Pública da Santo Antônio Energia, por meio do Projeto Fundo Global, com participação do Ministério da Saúde para distribuição do equipamento em toda a Amazônia Legal.

 

O projeto segue as diretrizes do Plano de Ação de Combate à Malária da Santo Antônio Energia, iniciado em janeiro de 2009. Para esta etapa, cujo objetivo é ampliar a instalação desses mosquiteiros no município, beneficiando a população de Porto Velho, incluindo os distritos de Rio Pardo, Jacy-Paraná e comunidades da região do baixo Madeira, a empresa SAPO – Saneamento Ambiental irá realizar o trabalho em campo, contratada pela concessionária.

 

Os mosquiteiros serão instalados sobre as camas e redes, pois a tela é impregnada por um inseticida não prejudicial à saúde que inibe o contato do mosquito transmissor da doença. Com o aumento do uso do equipamento, espera-se uma diminuição significativa nos índices de contágio no local, objetivo que já foi alcançado em outras áreas onde o Mild já havia sido trabalhado.

 

Em áreas da 5ª e 8ª regiões de saúde de Porto Velho, beneficiadas pelo mosquiteiro impregnado anteriormente, houve redução de mais de 50% dos casos de malária. “Em mais de dois anos de atuação intensa, em parceria com a prefeitura, nas comunidades próximas ao empreendimento, já conseguimos reduzir significativamente os casos de malária. Na 5ª região de saúde, por exemplo, o contágio caiu 51%, com uma redução de 63% em crianças de 0 a 9 anos”, explica o coordenador de Saúde Pública da concessionária, Guilherme Abbad da Silveira.

 

Os dados são registrados pelo Sistema de Informação de Vigilância Epidemiológica (Sivep), controlado pelo Ministério da Saúde, e apontam que a incidência da doença, antes do início das obras da Usina Hidrelétrica Santo Antônio, era de 89 casos por 1000 habitantes e, em 2010, foi reduzida para 54 casos por 1000 habitantes. Somente no primeiro semestre de 2011, a incidência de malária em Porto Velho baixou 36,9% se comparado ao primeiro semestre de 2010. Este dado representa o melhor 1 semestre desde 2003.

 

A Santo Antônio Energia foi a primeira empresa privada a realizar a distribuição de Mild em larga escala no Brasil. Os moradores de Jacy-Paraná receberam informações sobre a utilização do equipamento no final do mês passado, quando houve mobilização com os moradores locais em um evento que reuniu cerca de 200 pessoas.