Notícias

Receita líquida da Santo Antônio Energia cresce 11% no 1º tri de 2017

Período foi marcado pela entrada em operação comercial das seis últimas turbinas,
resultando na geração plena com capacidade instalada de 3.568 MW

A Santo Antônio Energia, responsável pela operação da Hidrelétrica Santo Antônio, localizada no rio Madeira, em Porto Velho – RO, apresentou crescimento de 11% da receita líquida no primeiro trimestre de 2017 em relação ao mesmo período do ano anterior. A receita passou de R$ 663 milhões para R$ 736 milhões, o que representa um aumento de R$ 73 milhões. O crescimento se deve especialmente pela entrada em operação comercial das últimas 6 turbinas da Hidrelétrica em janeiro deste ano.

O EBITDA da companhia permaneceu constante na comparação entre os dois períodos, com uma leve redução neste primeiro trimestre, quando foi de R$ 338 milhões. No período anterior, atingiu a marca de R$ 347 milhões. Essa pequena redução foi motivada principalmente pelos Encargos de Uso do Sistema de Transmissão (EUST). O aumento dos EUST também explica um leve crescimento no prejuízo da companhia. No primeiro trimestre de 2016 foi de R$ 140 milhões. No mesmo período deste ano foi de R$ 219 milhões.

Apesar do aumento do Preço de Liquidação das Diferenças (PLD), que passou de R$ 35,66 milhões no primeiro trimestre de 2016 para R$ 128,43 milhões no mesmo período deste ano, os custos com a Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE) foram neutralizados por receitas secundárias, como o GSF (sigla do déficit hidrológico).

“Tivemos uma melhora no GSF em relação ao mesmo período do ano passado porque contabilizamos ganhos de energia secundária do déficit hidrológico, por isso tivemos uma melhora de R$ 81 milhões”, afirma Luiz Pereira de Araújo Filho, CFO e Diretor de Relações com Investidores da Santo Antônio Energia.

Em 2016, a Santo Antônio Energia apresentou crescimento de 74% no EBITDA (Lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização), em comparação ao do ano anterior. O aumento foi de R$ 633,7 milhões, refletindo a boa performance financeira da Companhia no ano passado, quando o EBITDA atingiu R$ 1,487 bilhão. Em 2015, o mesmo indicador alcançou a marca dos R$ 854 milhões.

Além da entrada em operação comercial das seis últimas turbinas em 3 de janeiro deste ano, totalizando 50 unidades geradoras, outros fatores positivos marcaram o primeiro trimestre deste ano. Por exemplo, a geração plena com capacidade instalada de 3.568 MW e garantia física de 2.424 MW médios, o suficiente para o consumo de aproximadamente 45 milhões de brasileiros e a autorização do IBAMA para o
alteamento da cota de 70,5m para 71,3m.

A Hidrelétrica Santo Antônio foi implementada como um “project finance”, em que o resultado nos primeiros anos de operação é fortemente impactado pelas despesas financeiras, que serão reduzidas ao longo dos anos depois da amortização gradual dos financiamentos.

Comentários desativados em Receita líquida da Santo Antônio Energia cresce 11% no 1º tri de 2017