Uso Responsável

É muito importante que cada um contribua para a segurança energética do Brasil, fazendo uso racional de energia. Economizar é vital para o crescimento sustentável.

A Santo Antônio Energia reuniu algumas sugestões simples e práticas que trazem vantagens para o seu bolso e para o meio ambiente.

Repense seus hábitos.

Dicas de uso responsável de energia

Em casa
Evite usar equipamentos eletrodomésticos entre 18h e 21h. Este é o chamado horário de pico, no qual o consumo de energia elétrica é maior, a iluminação pública é acionada e as luzes das residências, acesas. Se todos reduzirem o uso de eletricidade nessas horas, o consumo será mais equilibrado ao longo do dia.

A geladeira é responsável por cerca de 30% do consumo total de uma residência. Antes de cozinhar, retire da geladeira todos os ingredientes de uma só vez, evite o abre-efecha da geladeira.

Deixe refrigeradores e freezers longes do fogão, assim eles não precisam de mais energia para compensar a elevada temperatura nas proximidades. Mantenha-os afastados pelos menos 15 cm das paredes para evitar o superaquecimento. Nunca coloque roupas e tênis para secar atrás de refrigeradores. Isso aumenta o consumo de energia, pois a roupa atrapalha a dissipação do calor do motor, que fica mais tempo ligado para resfriar a geladeira.

A torneira elétrica gasta a mesma quantidade de energia de um dos campeões de consumo elétrico: o chuveiro. Evite lavar a louça com água quente.

Use o micro-ondas de maneira inteligente. Com um suporte próprio, é possível aquecer dois pratos ao mesmo tempo.

As máquinas de lavar-louça gastam muita energia para aquecer a água de lavagem. Por isso, lave sempre na temperatura mais baixa possível (50-55 C, no programa econômico). Não deixe acumular muitos restos de comida nos pratos, pois eles exigirão uma maior temperatura de lavagem. Utilize a quantidade correta de sabão ou detergente para não ter de enxaguar novamente.

A máquina de lavar roupa representa de 2 a 5% do consumo total de uma residência. Espere acumular ao peso máximo de roupas compatível com sua máquina antes de liga-la. Caso você realmente precise usá-la com metade da capacidade, selecione os modos de menor consumo de água.

Na hora de secar a roupa, utilize a secadora com sua capacidade máxima. E é claro, sempre que possível, seque as roupas naturalmente.

O ferro de passar roupa é responsável por mais de 5% da conta de luz de uma casa. Evite passar poucas peças de roupa por vez. Boa parte da energia utilizada para passar roupas é gasta na hora de aquecer o ferro elétrico, por isso, espere acumular uma quantidade razoável e passe tudo de uma vez só.

O chuveiro elétrico é responsável por cerca de 25% do consumo de uma residência. Limite seu tempo debaixo da água quente ao mínimo.
• Nos dias quentes, mantenha a chave de temperatura na posição “verão” (na posição “inverno”, o consumo é aproximadamente 30% maior).

Outros Eletrodomésticos
Aspirador de pó: não use mais do que duas vezes por semana. Pode não parecer, mas ele consome mais do que a TV e o computador. Mantenha os filtros sempre limpos.

Secador de cabelo: ele gasta a mesma energia que uma máquina de lavar. Só utilize a potência máxima apenas quando for extremamente necessário. Nos dias quentes, prefira secar o cabelo ao sol – é muito mais saudável.

No supermercado
• Utilize uma sacola para as compras. As sacola plásticas descartáveis são um dos grandes inimigos do meio ambiente, pois, não apenas liberam gás carbônico e metano na atmosfera durante sua produção, como também poluem o solo e o mar.

• Compre alimentos produzidos na sua região, assim, além de economizar combustível, você incentiva o crescimento da sua comunidade, bairro ou cidade.

Pequenas Ações podem fazer um grande diferença
• Use menos o carro e mais o transporte coletivo (ônibus, metrô) ou o limpo (bicicleta ou a pé). Se você deixar o carro em casa 2 vezes por semana, deixará de emitir 700 quilos de poluentes por ano.

• Para subir até dois andares ou descer três, que tal ir de escada? Além de fazer exercício, você economiza energia elétrica dos elevadores.

• As pilhas recarregáveis são mais caras, mas ao uso em médio e longo prazo elas se pagam com muito lucro. Duram anos e podem ser recarregadas em média mil vezes.

• Escolha eletrodomésticos de baixo consumo energético: Procure por aparelhos com o selo do Procel (no caso de nacionais) ou Energy Star (no caso de importados).

• Use um ventilador de teto. Nem sempre faz calor suficiente pra ser preciso ligar o ar condicionado. Na maioria das vezes um ventilador de teto é o ideal para refrescar o ambiente gastando 90% menos energia. Combinar o uso dos dois também é uma boa idéia. Regule seu ar condicionado e ligue o ventilador de teto.

• Troque suas lâmpadas incandescentes por fluorescentes. A iluminação é responsável por cerca de 20% do consumo total de uma residência. As lâmpadas de maior potência consomem mais energia. Lâmpadas fluorescentes gastam 60% menos energia que uma incandescente. Assim, você economizará 136 quilos de gás carbônico anualmente.

• Recicle no trabalho e em casa. Se a sua cidade ou bairro não tem coleta seletiva, leve o lixo até um posto de coleta – informe-se onde ficam os da sua cidade. Lembre-se de que o material reciclável deve ser lavado (no caso de plásticos, vidros e metais) e dobrado (papel).

• Use o telefone ou a internet no trabalho, assim você pode evitar o custo e o desgaste para deslocamentos desnecessários.

• Voe menos, reúna-se por videoconferência.

• Desligue o computador sempre que for ficar mais de 2 horas sem utilizar e o monitor por até 15 minuto.

• No escritório, desligue o ar condicionado uma hora antes de sair. Em um período de 8 horas, isso equivale a 12,5% de economia diária, o equivalente a quase um mês do economia no final do ano.

Popups Powered By : XYZScripts.com